domingo, 27 de outubro de 2013

A Estrela Mais Brilhante do Céu - Marian Keyes


A Estrela Mais Brilhante do Céu
Autor(a): Marian Keyes
Editora: Bertrand Brasil
Ano de lançamento: 2011
Páginas: 598
Classificação:  

Existe um misterioso espírito que paira sobre o edifício número 66 da Star Street, em Dublin, Irlanda. Ele está em uma missão para mudar a vida de alguém. Em A Estrela Mais Brilhante do Céu, Marian Keyes demonstra mais uma vez sua técnica como uma dos grandes contadores de histórias da atualidade e sua vontade de ultrapassar limites na literatura. Os inquilinos do prédio 66 formam certamente um grupo excêntrico. Na cobertura mora Katie, uma mulher de 39 anos que trabalha como relações públicas de cantores e que só se preocupa com o tamanho de suas coxas e se seu namorado irá propor casamento. No apartamento abaixo, dividem o espaço dois poloneses mais a engraçada Lydia. No primeiro andar está Jéssica, a octogenária que vive com seu malvado cachorro e o filho adotivo. Já no térreo estão os recém-casados Maeve e Matt, que por mais que tentem esquecer o passado, não conseguirão.

Posso dizer que comprei esse livro exclusivamente por impulso, talvez por isto tenha demorado tanto para ler. Ele não um livro muito "barato", e em uma dessas promoções de dez reais, me vi comprando sem nem pensar duas vezes. Depois de muito tempo, finalmente me vi com curiosidade de saber sobre o livro, e foi então que, sem saber nada da história, eu me vi presa no fascínio das páginas desta obra.

“E não tem ninguém a quem eu possa perguntar. Mas esse não era o tipo de inesperado que eu esperava. Isso era um inesperado errado.”

A história se passa em um prédio em Dublin, na Irlanda. No último andar mora Katie, uma mulher de quase quarenta anos enrolada em um relacionamento com Conall, um executivo que trabalha de mais. Logo abaixo vivendo junto com dois poloneses (Andrei e Jan) vive Lydia, uma taxista mau-humorada e esforçada, no outro andar vive Jemina, uma senhora idosa, e seu cachorro Rancor (Sim, Rancor), que estão esperando a visita do filho adotivo de Jemina, Fionn. No térreo, moram Maeve e Mattt, um casal apaixonado e com manias... peculiares. Com uma história cheios de segredos e reviravoltas instigantes, A Estrela Mais Brilhante do Céu, conseguiu me surpreender e encantar.

“Existe uma rachadura, uma rachadura em tudo. É por ela que entra a luz.” 

No incio a história não me parecia nada demais, e pra falar a verdade, eu estava até achando entediante e fútil. Mas aos poucos a autora vai provando que fútil é a última coisa que a história será. Ela faz com que pensamos, duvidamos dos nossos valores e em certas partes é impossível não ficar chocado. Os personagens são extremamente reais, tem defeitos e qualidades, o que faz com que nos identifiquemos, não se enganem, não existe uma alma cem por cento inocente, e aos poucos vamos percebendo isso. Sim, demorou um pouco pra que a estória ficasse boa, mas ficou, e quando ficou, foi quase impossível de largar. Os personagens se encontram casualmente, mas aos poucos esses encontros se tornam mais frequentes, e os vários núcleos passam a se ligar, o que para mim, foi a melhor parte da história. 

“- Isso não é vida para nós duas. Sentadas aqui, num sábado à noite.
- Hoje é terça.
A mãe se levantou, jovial. – Devíamos fazer alguma coisa. – Girou, com os braços estendidos. – Você não sente, Sally? Ah, Sally, a vida está logo ali, quente, faminta e vibrante. A gente vai acabar deixando escapar!”


É claro, existem núcleos mais interessantes que outros, e a autora não poupa no suspense. Ela para na melhor parte do capitulo, sem dó alguma dos nossos corações. A narrativa de Marian me encantou, por ser meu primeiro livro dela, ainda não sabia o que esperar, mas é impressionante a capacidade que ela tem de colocar uma dose de humor nas situações mais tensas e dramáticas. Adorei e sem dúvida pretendo ler algo a mais dela.

-E um dia todos nós vamos estar mortos e nada disso vai ter a menor importância." (pag 66)

Dou todo o crédito de ter lido o livro "rápido" a Maeve, sua história, repleta de Flashbacks e segredos me encantou. Diria que o livro é bem real, e consegue retratar bem as diversas voltas que a vida pode dar. Uma coisa que me irritou bastante foi o final de alguns personagens, que tinham tudo para acabar de um jeito espetacular, mas ficaram meio "de qualquer jeito", e isto me irritou um pouco, mas o resto compensou. Apesar de ter gostado muito, não darei cinco estrelas porque achei que a história não precisava demorar tanto para poder tomar um ritmo envolvente, mas mesmo assim, indico. 

“Um corte de papel! Entendi o que você quer dizer. Dói à beça, o que é surpreendente, principalmente porque é uma porcaria de papel. Não é feito um ferimento de espada, daquelas que a Al-Qaeda usa para executar as pessoas nos vídeos do You Tube”.

9 comentários :

  1. Ahh..
    Quanto tempo!

    Tenho que confessar que, assim como tenho um certo preconceito com Nicholas Sparks, também tenho com a Keys. Pois é. Tentei ler "Melancia" e achei um PORRI.
    Talvez tenha começado em uma hora errada. Ainda pretendo dar uma segunda chance, para o livro e para a autora!

    Beijos, Lu ♥
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada dessa autora, mas sempre tive curiosidade. Esse não é o livro dela que me chama mais atenção, mas parece ter uma história bem rica e cheia de reviravoltas. Achei interessante a obra se passar em Dublin, eu gosto de livros que se passam em outros lugares para poder conhecer um pouco mais.
    Abraços, Raquel
    Viajando com Livros.

    ResponderExcluir
  3. Nunca li nenhuma obra da autora. Já ouvi falar nos livros dela e fiquei interessado.
    Gostei da sua resenha, isto me fez ficar com mais vontade de ler. XD
    Beijos,
    http://meujardimliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Yasmin!

    Eu não li nada da autora, mas sou curiosa por já ter ouvido vários elogios aos seus livros. Gosto dessas histórias com vários núcleos que vão se entrelaçando no decorrer da trama. Pena que demora um pouco para pegar o ritmo, mas já aconteceu várias vezes a mesma coisa comigo e o livro acabou sendo muito bom.
    Adorei a resenha.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Yasmin!
    Ainda não tive oportunidade de ler nada da Keys, mas tenho vontade apesar de ouvri alguns comentários sobre Melancia, mas tenho curiosidade em ler!

    Beijos,
    lovesbooksandcupcakes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Eu também comprei alguns livros da autora nestas promoções de 9,90 e ainda não tive a oportunidade de ler, mas pela resenha parece ser uma obra que cativa, com alguns clichês, mas que deixa nós leitoras bem satisfeitas.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Olha, eu tenho um trauma triste dessa autora desde que li Melancia.
    Tenho esse livro por aqui porque uma amiga me indicou demais e também o comprei numa promo bem bacana.
    EU VOU LER, mas não tenho noção de quando.
    Sua resenha fez meu coração ficar apertadinho por eu odiar tanto a autora. hehehehehe


    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Adorei a capa, parece ser um livro legalzinho, não sei se leria mas estou curiosa!

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Oi pessoinhas.
Deixe aqui seu comentário. Sua opinião é muito importante para mim.
Beijinhos
Yasmin