domingo, 9 de fevereiro de 2014

Sentados no Sofá: Confissões de Adolescente

Confissões de Adolescentetulo Original: Confissões de Adolescente 
Gênero: Drama/Comédia
Direção: Daniel Filho
Elenco: Sophia Abrahão, Isabella Camero, Malu Rodrigues...
Tempo: 1h36min
Lançamento: 2014

Paulo (Cássio Gabus Mendes) está passando por dificuldades financeiras para sustentar as quatro filhas, Tina (Sophia Abrahão), Bella Camero (Bianca), Malu Rodrigues (Alice) e Clara Tiezzi (Karina), depois que anunciaram um novo aumento no aluguel. Quando ele avisa que eles precisam se mudar do apartamento onde vivem, na Barra da Tijuca (Zona Oeste do Rio), elas se comprometem em ajudar de alguma forma, começando a cortar despesas bobas e ajudando nas tarefas domésticas. Mas enquanto precisam lidar com essa novidade, o quarteto tem ainda outras experiências típicas, relacionadas a idade de cada um delas. Tina vem penando para conseguir um primeiro trabalho, ao mesmo tempo que vem se desentendendo com o namorado riquinho. Bianca, por outro lado, esconde uma relação misteriosa, diferente de sua irmã Alice,  ainda virgem, e as voltas com a famigerada primeira vez. Correndo por fora, Karina é a mais nerd da turma e anda atraindo as atenções de um dos colegas da escola, mas eles ainda não sabem bem ao certo como lidar com isso. Apesar dos conflitos, a união entre elas permanece e as experiências, tudo indica, irão contribuir ainda mais para manter a família unida.

O filme é uma adaptação do livro do mesmo nome de Maria Mariana, e posteriormente da Série que foi lançada por volta de 1994, para os entreter os jovens dos dias atuais. Eu mesma, nesta época, li o livro e assisti a série, e este foi um dos motivos para nutrir algumas expectativas em relação a este filme. Ao assistir, posso dizer que me diverti bastante com a estória apresentada, mas me decepcionei por que achei que a essência da série não foi preservada. Começando pelos nomes, que foram trocados, apesar dos da série serem bem atuais. 

Mas a minha principal decepção foi a classificação indicativa, que era "12 anos", principalmente porque levei minha filha para assistir comigo, e em vários momentos fiquei muito constrangida. Temos nudez e sexo explicito, o que para uma classificação "doze anos", onde em alguns cinemas, até mesmo crianças menores podem entrar, é apavorante. Depois de algum tempo, li que eles passaram o filme para "Classificação 14".

O filme retrata bem adolescência atual, cercada de tecnologia, o que diverte. Também é focado em vários "núcleos" diferentes, e faz até uma certa sátira com "Crepúsculo" o que diverte bastante. Mas é tudo tratado de uma forma confusa e desorganizada, e só no meio que começamos a entender que se passa em dois períodos distintos. Alguns temas tinham muito potencial para serem explorados, como a questão da Homossexualidade de uma personagem, mas ficou para escanteio, sem muito importância até o final. Acho que se deveriam ter trabalhado melhor essa trama, já que é um "tabu" e merecia mais destaque.

As atuações são boas e divertem, mas as "homenageadas" da série (com exceção de Deborah Secco) mal aparecem, o que decepciona um pouco os fãs da série, que assim como eu foram ver para matar a saudade. A trilha sonora tem Clarice Falcão, que deixa um ar fofinho na cena. Claro, são muitos temas para serem apresentados em apenas 1h, e vários são deixados para escanteios. A amizade das irmãs também é tratado de uma forma superficial, já que a diferença de idade é maior do que era na série. No geral, o filme diverte, principalmente os jovens de hoje em dia, mas ficou faltando algumas coisinhas, alguns temas poderiam ser melhores trabalhados, e não precisava de tanto apelo sexual para tratar do tema, mas vale a pena ser visto, nem que seja para dar umas boas gargalhadas. 

Boa Pipoca ;D

2 comentários :

  1. Legal a dica, ando mesmo precisando assisti um filminho assim para descontrair. Não curto muito os nacionais, mas ultimamente estão lançando uns filmes de comédia excelentes.
    Beijos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Eu ouvi falar sobre o filme, mas como não acompanhei a série, nem li o livro não me chamou muito a atenção. Pena que deixaram de explorar temas tão interessantes, pela sua opinião tenho certeza que eles poderiam ter feito muito mais. Adorei o texto.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Oi pessoinhas.
Deixe aqui seu comentário. Sua opinião é muito importante para mim.
Beijinhos
Yasmin